Cartão

Digital

Interativo

Fale conosco

Buscar
  • S23 Publicidade

A evolução das mídias sociais no comércio eletrônico.

Temos a tendência de ver e analisar a relação entre as mídias sociais e o comércio eletrônico como algo de origem recente. Mas a relação entre os dois é regida pelo antigo princípio de negócios.


“Onde quer que as pessoas vão, os negócios devem seguir”


Com o advento das redes sociais, o pessoal da mídia começou a passar uma parte considerável do dia nessas plataformas. E com as variedades crescentes de plataformas de mídia social, agora todos estão conectados a uma ou outra mídia social o tempo todo. Até nós levantamos à noite com vibração de notificação de pings de diferentes redes sociais.

Quando os clientes estão nas redes sociais, como as empresas podem ficar longe deles?


Hoje, a mídia social e o comércio eletrônico têm uma relação simbiótica bem definida entre si. Vemos claramente as empresas de comércio eletrônico atraindo e obtendo seus clientes das mídias sociais. Enquanto estão atrás da cortina, essas mídias sociais também estão ganhando seu pão com manteiga com a receita obtida pelos e-business.

Uma questão muito interessante surge aqui - Quais são os papéis desempenhados pelas mídias sociais no e-Commerce?

Apresentando os clientes aos produtos disponíveis


Vivemos um tempo em que as coisas não são produzidas de acordo com as necessidades ou demandas. As casas comerciais agora fabricam um produto e criam sua necessidade ou demanda entre o público em geral. Hoje há muitas coisas na cesta do consumidor que nem mesmo eram conhecidas por nossos homólogos uma década antes. A maioria dessas coisas nasce do lema lucrativo das empresas, e não de suas necessidades ou demandas dos clientes.

Tomemos, por exemplo, smartphones. Hoje compramos smartphones com recursos de que nem precisamos. No dia em que você se acostumar com os recursos do seu telefone e começar a se sentir satisfeito, verá a versão mais recente sendo anunciada nas redes sociais. E então… você está novamente pronto para ser o comprador do novo Smartphone.

Pesquise em qualquer mecanismo de pesquisa algumas dicas, digamos, para aliviar a dor nas costas causada por ficar sentado por muito tempo. Agora faça login em qualquer uma de suas contas de mídia social e você verá anúncios de uma cadeira ergonômica, almofadas de assento, almofadas de encosto e muito mais coisas surgindo do nada. Isso é o que a mídia social faz pelo e-Commerce. Eles estão procurando clientes em potencial e apresentando ao cliente todos os tipos de produtos que possam comprar.

Fornecendo detalhes dos clientes para negócios de comércio eletrônico

Além de apresentar aos clientes as bases de produtos disponíveis, a mídia social também fornece detalhes dos clientes para a empresa. Obter os detalhes dos clientes ajuda as empresas a fazer marketing direcionado. Compartilhe qualquer detalhe ou seu interesse nas Redes Sociais e você começará a receber anúncios de produtos personalizados que atendam aos seus interesses e desejos.

Algumas plataformas de mídia social como Facebook, Instagram, Pinterest, etc. oferecem ao vendedor a opção de anúncios pagos. O Instagram e o Instagram para empresas também podem ser usados ​​para promover o negócio. Esses anúncios são compartilhados com as pessoas que se enquadram na categoria "alvo" dos produtos daquele vendedor específico.

Esses anúncios direcionados são muito lucrativos para os vendedores, pois promovem a compra por impulso. Quando um cliente precisa comprar algo e precisa ir à loja; ele pensaria antes de comprar. Mas os anúncios em plataformas de mídia social encorajam as pessoas a comprar impulsivamente, mostrando ofertas de dar água na boca que são por um período limitado. Como os anúncios são links diretos para a loja virtual de onde se pode pedir o produto com apenas alguns cliques, as pessoas tendem a fazer o pedido instantaneamente, sem pensar duas vezes. O que poderia ser mais tentador do que conseguir um produto de que você precisa (ou acredita que sim) com alguns cliques entregues à sua porta?


Aumento da interação entre compradores e vendedores


As redes sociais também aumentam a interação entre compradores e vendedores. Todos os sites de comércio eletrônico estão usando ativamente as mídias sociais para sua promoção. Isso dá aos clientes uma ótima oportunidade de dar feedback aos fornecedores de seus produtos.

Como todas as outras comunicações, essa interação é um assunto bilateral.

Os vendedores, sem dúvida, usam essa interação para obter feedbacks positivos e conteúdo gerado pelo usuário para atrair clientes. Mas esta é uma ferramenta muito poderosa para os clientes. Eles podem pressurizar o site de comércio eletrônico para melhorar seu serviço ou devolver produtos com defeito ou algo parecido. É preciso muito esforço para preparar o design de um site de comércio eletrônico e promovê-lo. Um site de comércio eletrônico pode ignorar o feedback negativo em seu próprio site, mas não pode se dar ao luxo de fazer o mesmo em uma mídia social. Leve um problema à mídia social e o e-business faria qualquer coisa para deixar os clientes felizes novamente. A mídia social pode tornar qualquer coisa viral e, se for negativo, pode afetar adversamente o negócio geral desse empreendimento de e-commerce específico.


Mantendo os e-business alinhados com a escolha do cliente


As mídias sociais não lucram apenas com o comércio eletrônico, fornecendo-lhes uma base de clientes. Eles também têm o poder de fortalecer os clientes. Embora houvesse e haja organizações para ouvir as reclamações dos clientes, elas não são tão eficazes quanto as mídias sociais. Os procedimentos legais de apresentação de reclamações e fornecimento de provas das mesmas são uma tarefa demorada e complicada. Mas nas redes sociais tudo pode ser feito muito rápido.


Recentemente, a Amazon Índia, um gigante do comércio eletrônico, foi compelida a retirar do ar um produto 24 horas após seu lançamento devido à mídia social. Ela entrou como um cinzeiro em sua gama de produtos, cuja forma era degradante para o corpo feminino. Alguém o levou às redes sociais e o público ficou tão ultrajante que a bandeja foi removida em 24 horas. Nada mais pode dar tal poder aos clientes.


Criação de contato pessoal direto entre compradores e vendedores


Interagir publicamente por meio de postagens e comentários é muito diferente do que um bate-papo individual. Com bate-papo pessoal em Redes Sociais como Snapchat, WhatsApp, Facebook Messenger, etc. os empreendimentos de e-commerce são capazes de criar relacionamento próximo com seus clientes.

Pesquisas provaram que os clientes têm mais probabilidade de entrar em contato com um vendedor por meio de mensagens do que ligando para o número de atendimento ao cliente. Portanto, a tendência de criar contato pessoal com os clientes via chat está em alta. Quando os clientes encontram determinado produto enquanto navegam em sua conta de mídia social, eles podem simplesmente enviar uma mensagem ao provedor e obter detalhes sobre o produto. Uma resposta instantânea do vendedor gera confiança e é mais provável que o comprador compre o produto depois de ficar satisfeito com a resposta.


Resultados instantâneos e mensuráveis ​​de táticas diferentes


Desde o momento da evolução, as empresas fazem tudo o que podem para atrair clientes. Nas Mídias Sociais, também as empresas tentam diferentes tipos de táticas como - Conteúdo informativo, conteúdo gerado pelo usuário, anúncios pagos etc. Mas o fato interessante aqui é que o resultado dessas táticas usadas nas Mídias Sociais podem dar resultados instantâneos e mensuráveis. Esses resultados funcionam como um guia para as empresas na criação de seus planos de anúncios futuros.

Suponha que uma empresa esteja obtendo mais respostas do usuário sobre seu conteúdo informativo do que o conteúdo gerado pelo usuário, então ela pode decidir se concentrar na produção de cada vez mais conteúdo informativo. Se o resultado for vice-versa, a empresa pode se concentrar em solicitar que seus clientes satisfeitos escrevam comentários positivos para eles.

Curtidas, comentários, visualizações, alcance são algumas das escalas de medição disponíveis nas mídias sociais que as empresas usam para saber seus resultados.


Impulsionando a classificação de SEO e aumentando os leads


Mídias sociais como Facebook e Twitter são muito importantes para decidir a classificação de SEO de um site. Se um e-commerce é mencionado nas redes sociais, suas postagens são curtidas, compartilhadas e comentadas mais do que seu concorrente, então o mecanismo de pesquisa com certeza manterá sua classificação elevada. Suponha que uma pessoa deseja comprar uma camiseta e procura opções sem acessar um determinado site. O mecanismo de pesquisa então classificará o site de comércio eletrônico que foi mencionado nas Redes Sociais com mais frequência do que outros em relação aos designs de camisetas ou camisetas. Uma boa classificação de SEO significa diretamente mais tráfego e mais leads. Portanto, o marketing de mídia social é mais poderoso do que o pensamento, pois pode direcionar tráfego para sites de comércio eletrônico e aumentar sua lucratividade.


A chamada de ação


Depois de conhecer a relação complementar com as Redes Sociais, você pode se dar ao luxo de ter um negócio e ficar fora das Redes Sociais? Você acha que apenas ter uma conta nas Redes Sociais em nome da sua empresa é suficiente?

A resposta a ambas as perguntas é um grande NÃO!


Então, qual é a coisa certa a fazer? Obviamente, você precisa ter uma presença marcante nas Redes Sociais e manter contato regular com seu público.

Vamos ver o que você pode fazer para tornar sua presença nas mídias sociais poderosa e lucrativa para seu e-venture.

A primeira coisa que você precisa no processo é uma página de mídia social bem projetada para o seu negócio. Sua página de mídia social é sua introdução online. É a primeira impressão que pode fazer com que os visitantes parem e percorram a sua página ou saiam sem perceber nada. Você pode querer que profissionais de alta qualidade façam o design de páginas de mídia social para você. Os visitantes das Redes Sociais estão sempre com pressa, por isso, se não houver nada que os atraia, a sua página passará despercebida apesar de ter pago pelos anúncios.

Uma vez que sua página bem projetada atrai a atenção dos visitantes; é seu dever mantê-los engajados com conteúdo interessante e informativo. Também deve haver alguém para reverter às consultas dos visitantes instantaneamente. E, acima de tudo, seus produtos e serviços devem atender às expectativas dos clientes.



#marketingdigital

3 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo